sexta-feira, abril 04, 2003

esse mundo é muito estranho mesmo. vejo uma psicopata fudendo com outra. e por boa intenção. do mesmo tipo que lota o inferno.

cometido pela arale -

 

quinta-feira, abril 03, 2003

e como eu só namoro gente linda...







haaaa, o resto das fotos dessa festa tão aqui. divirtam-se com os micos!

cometido pela arale -

 

quarta-feira, abril 02, 2003

help urgente

amigos que frequentam a nossa casa de carro (ou não), por favor, precisamos de caixas de papelão. daquelas de supermercado, médias, tipo de molho de tomate e coisas do tipo. só não aceitamos caixas de coca-cola, porque não compactuamos com o imperialismo. obrigada!!!

cometido pela arale -


cometido pela arale -


cometido pela arale -

 

terça-feira, abril 01, 2003

e mudando de assunto radicalmente...

FESTA! teve festa no meu aniversário, na verdade um jantarzinho pros amigos mais queridos. e as fotos estão digitalizadas! YES! vou colocar uma amostrinha, mas o resto podem ver aqui.


eu e a namorada =)


eu, minha mami e o gabis


gabis, eu, gui e ed

eu passei a festa toda com essa peruca. eu apaixonei à primeira vista e eu *precisava* usá-la algum dia. escolhi o dia do meu aniversário :)

cometido pela Zel -

acho que dessa briga toda com a rossana, por incrível que pareça, quem ficou mais embasbacada fui eu. eu bati menos, tentei dentro do limite ter humor e até agora ela ainda está me apedrejando. e como pedras vão e voltam, vou voltar aqui umas pérolas da mocinha, que se admite incoerente. e eu, a essa altura, rancorosa. essas frases são todas dela, nem parecem da mesma pessoa e ditas com o intervalo de menos de um dia. algumas ela postou no blog, outras ela mandou diretamente pro mau, falando graciosamente a meu respeito. eu teria mais algumas muito boas se ela não tivesse deletado os comentários. e outras melhores ainda se estivesse no outlook da minha casa:

"perdi 3 amigos que eu gostava de verdade"

"e agora olhando para trás, vejo que não lamento o fim da amizade com a Zel e com a Rê."

"faça um teste. experimente discordar e manter sua opinião até o fim, verá que as coisas se tornarão diferentes para você"

"arrisco dizer que isso não tem nada a ver com o Mau, o meu amigo, que cantava baixinho no meu ouvido."

"acho que a mocinha do cabelo vermelho é inteligente, sensível e tem bom coração, quando a sua belicosidade não atrapalha."

"quando a gente só consegue chamar a atenção jogando merda no ventilador e sendo cínica , é muito triste"

"a alternativa que resta é jogar merda no ventilador pra se sentir fodona e corajosa"

"espero que me perdoem"


perdão, rossana? eu quero que você se foda e colha a solidão que está plantando. eu sempre fui muito do bem com você pra ler os mails asquerosos que vc teve a ousadia de mandar ontem. e essa é a última vez que perco meu tempo falando de você.

e alguém me passa a farofa, plis?

cometido pela arale -

a menina que queria aparecer de franco da rocha

gente ignorante, quando tem filho maluco, interna. e foi assim com a menina. cresceu em franco da rocha, cercada de loucos de diversas espécies. passava os finais de semana em casa, mas a família não se agravada muito disso, por conta do tumulto que causava. passou a adolescência e mocidade internada e, como a família pagava pra se ver livre, acabou tendo alguma ascendência sobre os outros internos. começou a pintar, quadros pretensiosos e mal acabados, verdadeiros sub-plágios de outros tantos ruins. e com essas pinturas ganhava mais algum trocado dos pobres coitados, mais amortecidos do que ela. numa de suas fugas, encontrou um estrangeiro de boa vontade e olhos azuis, e conseguiu, à força do destino e uma grande barriga, seu sustento pelo resto da vida (pobre gringo). um belo dia, foram transferidos pros seus domínios outros loucos, vindos da cidade grande. chegaram falando alto e vendendo contrabando, subvertendo a ordem e fazendo os olhinhos insanos brilharem. isso desestabilizou a menina, que longe dos holofotes, saiu fazendo maldades. fugiu do hospital, acabou com alguns lares, voltou e abusou sexualmente dos menores mostrando os peitos compulsivamente pelas madrugadas solitárias. os contrabandistas logo se encheram das crises de carência afetiva e tentativas de estupro e fugiram do hospital pra um lugar seguro. a menina aproveitou pra importar alguns pintores de sua geração pra lhe fazer companhia nas ruínas. morreram todos com 42 anos. de tédio.

cometido pela arale -

resposta pública às provocações privadas

*HAHHAHAHHAHAHHAHAHHAHAHHAHAHHAHAHAHA*

rossana, você é patética. além de mau-caráter, é claro, porque quem faz as coisas que você faz, seja essa palhaçada no blog, as fofocas (que você FAZ embora negue), ou faz as coisinhas como as que você fez com o hernani e com o marcelo só tem um nome: ESCROTA. isso pra não dizer o quanto deu em cima do mau, sabendo que tava com a rê, e às vezes na frente dela. a diferença é que o maurício de fato é um cara bem-resolvido, diferente dos outros dois que te USARAM pra alimentar o próprio ego (e quantos mais fazem o mesmo? você não se manca...)

isso pra não dizer desse joguinho ridículo de internet, que só caem os bobões que não te conhecem pessoalmente (essa pessoa chata e inconveniente que você é de fato) e acham que você é essa personagem que você criou.

vai dar meia hora de bunda, rossana, e desgruda ela da frente desse computador. você não tem coragem de viver sua vida porque basta sair das letrinhas e olhar ao redor que você vê a imensa MERDA que ela é. você é uma mulher frustrada sexual e afetivamente, que não conseguiu construir nem uma família e nem conseguir alguém que te ame. nem criar suas filhas você consegue, você é uma incompetente em todos os sentidos. não tem um trabalho, nem ocupações de gente saudável, não tem independência, vive às custas de um coitado que deu o azar de te engravidar. o único lugar que sua vida faz sentido é na internet, e por isso você se dedica tanto a isso.

eu tenho pena, na real. nem raiva consigo sentir.

mau e rê: deixa a louca viver na internet, é só aí que ela existe. medo...

zel


*

essa foi minha resposta a um email da rossana para o mau e a rê, falando bobagens e chamando a todos nós que discordamos dela de imbecis (aham... então tá). eu como não costumo publicar emails alheios, publico os meus. até porque ele tem tantas verdades que eu deixei de dizer oportunamente que achei que valia a pena compartilhar. a rê diz que é chutar cachorro morto, já eu acho que é dizer umas verdades pra quem tá precisando ouvir, e faz é tempo.

a rossana faz parte daquele grupo de pessoas psicopatas que vivem através da internet uma outra vida, bem diferente daquela da vida real. a rossana é uma mulher inconveniente, que se esfrega em tudo que é homem em festa (inclusive os acompanhados), que fala demais, que dá vexame quando bebe (do tipo que se rola no chão sujo de boteco, e isso não é uma forma de dizer, ela FAZ isso), que faz intriga. na internet ela faz um blog dizendo o quanto ela é boa e/ou vítima. os tolos que não sabem como funciona essa "vida virtual" acreditam. eu conheço ela pessoalmente, já vi isso tudo que estou contando, e sei de histórias asquerosas contadas por ela mesma. essas histórias eu guardo pra quando ela me provocar mais um pouquinho. além disso, eu mesma fui "vítima" destes comportamentos pouco respeitosos dela (que se dizia "minha amiga"). essa história eu também deixo pra contar oportunamente, caso ela insista em me provocar.

eu não tenho nada contra gente louca e sem caráter, contra pessoas que vivem vidas paralelas. só não venha me encher o saco e dar liçãozinha de moral, que eu sou muito mais eu.

**

update (em função do último post da rossana a respeito dessa baixaria): reli esse post e ele tá escroto (no mau sentido). falei tudo que acho mesmo, e por isso não pretendo apagar nem editar. podem apedrejar, dizer que sou má e tal, até porque depois do "mea culpa" da rossana, isso aqui vai parecer realmente chutar cachorro morto. que seja: eu sei (e ela sabe também) o quanto eu já fui didática e legal com ela, o quanto eu me doei e fui amorosa. mas eu tenho limite, e quando ele chega... fudeu. eu acho isso tudo mesmo, e pronto. e isso obviamente não significa que eu não veja alguns predicados na rossana, eu vejo sim, mas não tou a fim de falar deles. eu elogio muito as pessoas (quem convive comigo sabe), eu mimo e trato bem. mas quando é pra lavar a roupa suja, eu lavo sem miséria. faxina geral.

cometido pela Zel -

e pra tpm, gilberto gil. a gente precisa ver o luar...

cometido pela arale -

 

segunda-feira, março 31, 2003

da previsibilidade das coisas

estou contando as horas pra algumas pessoas virarem amigas de infância.

cometido pela arale -

HUAHAUHAUHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHUAHUAHAU

foi só a zel boca grande ir lá dizer umas boas pra boa-moça ficar com medinho de sair chutando. e deletou tudo, tudo! urrú, viva os telhados temerosos de vidro!

cometido pela arale -

patético mundinho de internet

a rossana, até outro dia se dizia minha super amiga. começou essa campanha dos peitos moles na internet ousando liberdade, dizendo que o legal é ser o que somos de verdade e blablablabla. até eu aderi, embora assumidamente não tenha coragem pra esse tipo de mico. aí ela começou a aprontar nos comentários, deletando sumariamente qualquer oposição, manipulando informação, chutando os deletados sem dar a nós, pobres mortais, o direito de ver o motivo de tanta ira. foi quando percebi que tinha algo errado nisso e começamos a discutir "a idéia". o post onde ela gasta o repertório com palavras vazias rendeu até agora quase 100 comentários. e hoje percebi que ela tirou meu link do site dela, virei persona non grata na "nata" da sociedade blogueira. bem, já estou acostumada a isso, afinal assumo minhas coisas desde a pré-adolescência, mas parece que ela, com tanto tempo de estrada, ainda não enxergou. não vê quem são seus amigos, não reconhece puxação de saco, não consegue discutir sem levar as coisas pro lado pessoal. quem só consegue se relacionar com o idêntico, tende a viver numa bolha. e eu? eu quero gente honesta do meu lado.

cometido pela arale -

eu sou maledicente porém preguiçosa

eu tou com preguiça até de falar mal do povinho bunda... lá no meu blog eu mal consegui escrever um post. só pra não dizer que eu fico usando esse espaço altamente pop *música incidental* pra detonar as pessoas, eu escrevi lá no meu, tá?! :P

cometido pela Zel -

vale lembrar que além da tpm estou no inferno astral. daqui 15 dias entro na minha semana de aniversário, que é dia 17. e quero mimo, atenção, presentes, festa e paciência com as botinadas... em troca, prometo continuar essa pessoa doce e cheia de amor no coração, pros que merecem e conseguem chegar nele. haa, prometo também me tornar a pessoa mais modesta do mundo.

cometido pela arale -

** e aguardem mais um emocionante movimento contra-revolucionário que vai mudar seus conceitos sobre internet. **

cometido pela arale -

Quadrilha
Carlos Drummond de Andrade

João amava Teresa que amava Raimundo
que amava Maria que amava Joaquim que amava Lili
que não amava ninguém.

João foi para o Estados Unidos, Teresa para o convento,
Raimundo morreu de desastre, Maria ficou para tia,
Joaquim suicidou-se e Lili casou com J. Pinto Fernandes
que não tinha entrado na história.



esse poeminha é muito lindo. tanto que resolvi parafraseá-lo pra homenagear a minha tpm (xi, fudeu, agora sou eu). ficou mais ou menos assim:



quarteto fantasmagórico
renata menegatti

maria e lili amavam joão
joão casou-se com elas
e levaram o raimundo (que amava as duas) de cãozinho de guarda
pra casa onde joão não amava ninguém

(e se me encherem o saco de novo, boto os links nessa porra...)


cometido pela arale -

 
powered by blogger

renata/Female/26-30. Lives in Brazil/sao paulo/sao paulo/bela vista, speaks Portuguese. Spends 60% of daytime online. Uses a Fast (128k-512k) connection.
This is my blogchalk:
Brazil, sao paulo, sao paulo, bela vista, Portuguese, renata, Female, 26-30.